Reforma e ampliação do aeroporto de Patrocínio

Reforma e ampliação do aeroporto de Patrocínio

Com uma diretoria visionária, as ACIP/CDL empenham-se há muitos anos para a reforma e ampliação do aeroporto de Patrocínio. Em 2013, as ACIP/CDL conseguiram apoio das entidades ACARPA, COOPA, EXPOCACCER, COOPACREDI, SEBRAE, UNICRED, Federação dos Cafeicultores do Cerrado e Sindicato Rural de Patrocínio. Após várias reuniões preliminares aconteceu o lançamento da Campanha “PATROCÍNIO QUER A REFORMA E AMPLIAÇÃO DO AEROPORTO”, no dia 3 de maio, no auditório da COOPA. Projeto que coletou uma grande quantidade de assinaturas dos cidadãos patrocinenses.

No mesmo mês, no dia 29 de maio, o presidente da ACIP na época, Marcos Valério Jacinto, participou do grande expediente da Câmara Municipal de Patrocínio no qual pediu apoio aos vereadores e destacou a importância desta Reforma e Ampliação do Aeroporto para nossa cidade. Recebeu apoio de todos os vereadores nesta importante ação.

Em 2014, uma comitiva representando Patrocínio, numa reunião agendada e apoiada pelo então Deputado Deiró Marra, esteve no dia 15 de julho com o Governador de Minas Gerais, Antônio Anastásia, no Palácio Tiradentes em Belo Horizonte, onde foram apresentadas informações referentes à relevância da reforma e ampliação do Aeroporto Municipal José Francisco de Queiroz e o abaixo-assinado com mais de 2 mil assinaturas.

O Governador já informado, de imediato anunciou que Patrocínio teria a Reforma e Ampliação do Aeroporto. Além disso, Anastásia destacou a importância da ida da comitiva até ao Palácio Tiradentes para a conquista e confirmou o investimento de R$ 8.200.00,00 para a obra.

As obras começaram, mas, com a mudança do Governo Estadual, foram interrompidas. Em agosto de 2016, a atual administração de Minas Gerais liberou novamente os recursos para a obra, que começou a ser executada em setembro.

O ex-presidente e atual diretor das ACIP/CDL, Marcos Valério Jacinto, que desde o início participou de todas as ações para  esta importante conquista, visitou, no fim de janeiro, as obras da reforma do aeroporto e conversou com o engenheiro da Vilasa Construtora, responsável pela mesma, que limitou até o final do mês de março para que a pista esteja pronta e possa receber voos.

Na primeira etapa, as intervenções foram feitas no terminal de passageiros, na seção contra incêndio e cercamento de toda área. Já nesta segunda etapa, os serviços estão sendo concentrados na melhoria da pista de pouso, pátio principal de aeronaves e pista de táxi, além da sinalização diurna e noturna da pista.

Após as reformas e liberação da ANAC, o aeroporto terá capacidade para receber aeronaves maiores, com até 50 passageiros, tipo ATR, que podem ser negociados pela administração municipal junto a alguma empresa aérea que atenda nosso potencial.

É um salto para o desenvolvimento e economia da cidade, e as ACIP/CDL estarão juntas, para que este propósito seja concretizado, juntamente com parcerias que foram alcançadas desde 2013.

Elias Miranda de Resende

Diretor Patrocínio VIP

Comments

Deixe uma resposta