Prefeito Deiró Marra decreta Estado de Calamidade Pública em razão da geada que afetou o setor cafeeiro

Prefeito Deiró Marra decreta Estado de Calamidade Pública em razão da geada que afetou o setor cafeeiro

Nessa segunda-feira (26), o Prefeito Deiró Marra assinou o Decreto nº 3.908/2021, declarando Estado de Calamidade Pública em decorrência da maior geada dos últimos 27 anos no município, com irreparáveis danos causados ao setor agrícola, em especial ao setor cafeeiro de Patrocínio e região.

Atendendo a um pedido do Prefeito, os Deputados Federais Emidinho Madeira e Evair de Melo, respectivamente Presidente e Vice-Presidente da Frente Parlamentar do Café e o Deputado Federal Zé Vitor, representante do cerrado mineiro, estiveram em Patrocínio no ultimo sábado (24), para verificar ‘in loco’ a situação dos danos e prejuízos causados às lavouras, visitar propriedades rurais e dialogar com cooperativas e representantes dos cafeicultores.

Em entrevista no dia da visita, o Prefeito Deiró afirmou que desde o dia 21, quando Patrocínio foi atingido pela geada, está em contato com lideranças estaduais e federais, para acompanhar a elaboração da pauta de prioridades para socorrer o setor. “Patrocínio é a capital nacional do café, a cidade que mais produz café, então fizemos vários telefonemas e contatos em busca de alternativas para o produtor, para as cooperativas, pois o café é uma cadeia produtiva que envolve todos os setores, que irão sentir essa perda, sendo urgente uma intervenção” afirmou.

Patrocínio segue empenhado junto as lideranças regionais, no sentido de sugerir a criação de políticas e ações que visem auxiliar e socorrer as regiões atingidas, em acordo com estudos realizados pelo município e por equipes técnicas do Estado, via Emater, Cooperativas e Conab, num trabalho conjunto em busca de soluções, traçando estratégias de assistência à população afetada com fins de diminuir os impactos econômico-sociais da perda da safra cafeeira.

ASCOM/PMP

Elias Miranda de Resende

Diretor Patrocínio VIP

Comments

Deixe um comentário