Dr. Ari cobra providências da administração municipal para que continuem as obras do CAPS AD III e Unidade de Acolhimento

Dr. Ari cobra providências da administração municipal para que continuem as obras do CAPS AD III e Unidade de Acolhimento

O Vereador Dr. Ari cobra providências da administração municipal para que continuem as obras do CAPS AD III e Unidade de Acolhimento. Estas duas importantes obras estão paralisadas se deteriorando, além de estar causando transtornos à vizinhança, pois as mesmas estão completamente abandonadas acumulando mato e lixo, e podendo ser abrigo para marginais agirem ou se esconderem.

INOPERÂNCIA DO GOVERNO MUNICIPAL

A falta de sensibilidade e agilidade em dar continuidade em várias obras do município de Patrocínio está trazendo inúmeros impactos na sociedade e o CAPS AD é uma obra essencial que independe da vontade do administrador é algo que a sociedade clama. Segundo o Vereador Dr Ari “Isto ultrapassa o limite do descaso temos que cuidar de uma cidade para todos e não para alguns, infelizmente a obra encontras-se abandonada, o prefeito se mantém omisso e a câmara municipal por sua vez faz de conta que nada está acontecendo e o povo mais uma vez está pagando o preço de picuinhas políticas. Irei cobrar de forma muito determinada que as obras voltem e que o dinheiro público seja respeitado. Sentenciou Dr Ari

CONSTRUÇÃO

Com recursos na ordem de um milhão de reais, a nova unidade atenderá além de Patrocínio os municípios da Microrregião. A Construção é composta de 12 leitos (6 masculinos e 6 femininos), irá ampliar o espaço, equipe de trabalho e podendo assim aumentar a demanda de atendimento. Os pacientes recebem apoio de equipe multidisciplinar, formada por médicos, psicólogos, assistentes sociais, professor de educação física, arte-terapeuta e enfermeiros, podendo ocorrer outros atendimentos com a nova sede.

CAPS AD III

É destinado a proporcionar atenção integral e contínua a pessoas com transtornos decorrentes do uso abusivo e da dependência de álcool e outras drogas, com funcionamento durante as 24 horas do dia, inclusive nos feriados e finais de semana, oferecendo atendimento à população, realizando acompanhamento clínico e a reinserção social dos usuários pelo acesso ao trabalho, lazer, exercício dos direitos civis e fortalecimento dos laços familiares e comunitários. A unidade também atende aos usuários em seus momentos de crise, podendo oferecer acolhimento noturno por um período curto de dias. O CAPS apoia usuários e famílias na busca de independência e responsabilidade para com seu tratamento.

Unidade de Acolhimento

Garante a assistência para jovens e crianças, entre 10 e 18 anos, com necessidades decorrentes do uso de crack, álcool e outras drogas. O objetivo é garantir o acolhimento voluntário e ofertar cuidados contínuos para pessoas em situação de vulnerabilidade social e familiar e que demandem acompanhamento terapêutico e proteção. A Unidade possui caráter residencial transitório, ofertando aos pacientes cuidados continuados, convivência em grupo, familiar e social. Os pacientes podem ficar até seis meses na unidade, com o objetivo de manter a estabilidade clínica, o controle da abstinência e redução das situações de vulnerabilidade social e familiar. O funcionamento da unidade será de 24 horas e nos setes dias da semana.

Elias Miranda de Resende

Diretor Patrocínio VIP

Comments

Deixe um comentário