Café especial: vencedor do Cup of Excellence Naturals 2014 bate recorde

Café especial: vencedor do Cup of Excellence Naturals 2014 bate recorde

Com 95,18 pontos, o café campeão, produzido pelos irmãos Sebastião e Antônio Márcio, em Cristina, na Mantiqueira de Minas, tem a maior nota na história do Cup of Excellence Naturals.

logo_bsca

Concurso também teve a maior pontuação média histórica: 88,24 pontos.

O café produzido pelos irmãos Sebastião e Antônio Márcio da Silva, em cinco hectares do Sítio Baixadão, no município de Cristina, região da Mantiqueira de Minas Gerais, é o campeão do 4º Concurso de Qualidade Cafés do Brasil “Cup of Excellence Naturals 2014”. Com uma nota de 95,18 pontos, esse café bateu o recorde mundial do principal concurso de qualidade para cafés naturais (colhidos e secos com casca), certame realizado pela Associação Brasileira de Cafés Especiais (BSCA) em parceria com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Alliance for Coffee Excellence (ACE) e o Sebrae.

No total, o concurso teve 23 vencedores — a lista pode ser conferida no site da BSCA, através do endereço http://bsca.com.br/cup-of-excellence-late-harvest.php?id=25 — eleitos pelo júri internacional, que, de 19 a 23 de janeiro, no Centro Universitário Uniaraxá, em Araxá (MG), analisou as 44 amostras finalistas. Além da nota recorde para o campeão, o certame também registrou a maior pontuação média histórica para os cafés naturais, que foi de 88,24 pontos.

Realizado exclusivamente no Brasil, o Cup of Excellence Naturals vem revelando cafés complexos, de acordo com o presidente da BSCA, Silvio Leite. “As amostras apresentaram diversidade de sabores e com intensidade. São cafés frutados, que despertaram o aroma de frutas secas, como uvas passas e ameixas, fazendo com que alguns juízes internacionais, em suas análises, os comparassem ao panetone”, descreve.

A trader de cafés especiais da Starbucks Coffee Trading Company, Ann Traumann, considerou “incrível” sua primeira experiência no concurso. “O Cup of Excellence é bem mais que apenas uma competição. Todos os dias, aprendi algo novo sobre café. O evento me permitiu melhorar as habilidades de prova para calibrá-las com os juízes internacionais, que são apaixonados pela bebida, para descobrir e compreender a produção no país que acolhe o evento e, ainda, para criar novos relacionamentos”, diz.

Ann comenta, ainda, que nunca esquecerá essa semana passada no Brasil, período em que conheceu e reconheceu o trabalho dos cafeicultores nacionais. “Descobri muitos lotes de cafés naturais maravilhosos. Os produtores brasileiros mostraram e me provaram que o Brasil é um país de cafés especiais”, explica a trader da Starbucks, uma das maiores redes de café do mundo.

O presidente da BSCA revela que os jurados internacionais ficaram muito impressionados com os produtos que provaram. “A reação do júri após a degustação confirma a minha convicção de que os cafés especiais naturais brasileiros são o que considero como a grande descoberta de sabores. E, a partir daí, podemos alçar grandes voos no mercado”, conclui.

AUDITORIA E APOIO
O 4º Concurso de Qualidade Cafés do Brasil “Cup of Excellence Naturals 2014” foi auditado pela Safe Trace Café e teve a Cooperativa Agropecuária de Araxá (Capal) e a Federação dos Cafeicultores do Cerrado como instituições anfitriãs. Além disso, contou com o apoio institucional da CarmoCoffees, da Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), do Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (CeCafé) e do Conselho Nacional do Café (CNC).

Elias Miranda de Resende

Diretor Patrocínio VIP

Comments

Deixe uma resposta